COMPARTILHE
Reprodução: El Bocón

*Por Mônica Alvernaz

Ainda em recuperação da derrota em casa para na última rodada, o Paraguai se prepara para o próximo confronto. A partida, que ocorrerá na Bolívia, já tem reclamações dos jogadores paraguaios antes mesmo da bola rolar.

Leia mais: No Uruguai, Edinson Cavani é dúvida para confronto das Eliminatórias
Mirando o retorno do Apertura, Oriente Petrolero treina no fim de semana

Isso porque a partida ocorrerá em La Paz, que está a mais de 3 mil metros do nível do mar. Segundo destaque do portal El Bocón, Derlis González e Nelson Valdez, jogadores do Paraguai, dizem considerar desumano jogar na altitude de La Paz.

Após treinamento da seleção do Paraguai na manhã deste sábado (12), González e Valez falaram com a imprensa sobre o local da partida da próxima terça (15) e a derrota para o Peru.

Valdez comentou sobre a altitude de La Paz. “Pela experiência que tenho de jogar na Bolívia, é desumano jogar ali, mas é o que temos e teremos que fazer o possível para pontuar”.

Já González comentou sobre o último resultado e o sentimento dos jogadores com a derrota.  “Depois da partida contra a seleção peruana todos estamos muito tristes, mas precisamos mudar essa mentalidade porque temos uma partida fundamental, na qual acredito que não possa haver erros”.

O atacante paraguaio ainda sobre a tática para o jogo com a Bolívia, lembrando, para isso, a vitória sobre a Argentina. “Temos que fazer algo parecido com o que fizemos contra a Argentina, ter a posse de bola, não correr tanto com a bola e atacar quando for necessário”.

A partida diante da Bolívia é decisiva para o Paraguai, que é o atual sétimo colocado na tabela de classificação. Com 14 pontos, o Paraguai não pode se permitir perder mais pontos na competição, para continuar sonhando com a classificação para a Copa 2018.

O jogo entre Bolívia e Paraguai será disputado no Estádio Hernando Siles, em La Paz, na próxima terça (15) às 18h.

COMPARTILHE
A redação do site pioneiro em informações detalhadas a respeito do futebol na América Latina trabalha sempre para unir qualidade e dinamismo a um conceito moderno de jornalismo esportivo.