Foto: Aton

Ídolo da Universidad de Chile, Johnny Herrera ficou próximo de respirar novos ares. De acordo com a publicação do La Tercera, o goleiro foi procurado por um time da Major League Soccer, mas preferiu rejeitar a proposta.

Leia Mais: Com Vidal e Sánchez, Reinaldo Rueda convoca o Chile para amistosos
Atacante do Boca Juniors tira sarro de Egídio nas redes sociais

Um dos motivos que fez Herrera declinar a oferta foi a recente renovação de contrato com a Universidad de Chile. O novo acordo vai até dezembro de 2019 e o goleiro não quis entrar em conflito com a diretoria.

Segundo a própria matéria, o goleiro de 37 anos sempre é visado no mercado por ser um símbolo do futebol local e poderia cogitar uma transferência, mas somente em janeiro.

Pelo lado da Universidad de Chile, a diretoria não coloca nenhum jogador com status de ‘inegociável’, porém, liberar justamente o capitão não iria soar bem nos bastidores e poderia desgastar ainda mais a imagem com a torcida.

Enquanto convive com as sondagens em cima de Herrera, direção e comissão técnica ajustam os próximos passos para 2019. A expectativa é que chegue pelo menos um jogador de peso para cada setor e melhore a qualidade do elenco.

Nesta temporada, a La U entrou cercada de boas energias, mas decepcionou ao longo do ano no campeonato chileno, pois não disputa o título. Na Libertadores a campanha foi pífia e o retrato foi a lanterna do grupo 5.