COMPARTILHE
jornalista-colombiano-aponta-os-nomes-de-quem-teria-derrubado-alberto-gamero-no-junior-barranquilla-Futebol-Latino-28-03
Foto: AFP

Depois de um começo de temporada absolutamente conturbado, cheio de transtornos e problemas dentro de fora de campo no Junior Barranquilla, o técnico Alberto Gamero não resistiu a pressão dos resultados ruins e deixou o comando da equipe colombiana.

Leia mais: Avante do Necaxa quer fazer homenagem a Seu Madruga em sua camisa
Jogador do River Plate perde gol incrível em jogo do Campeonato Argentino

Entretanto, isso em nada desagradou alguns dos atletas com peso relevante no elenco, pelo menos na convicção e nas palavras agudas e impositivas do jornalista Raul Correia de Andreis.

Com anos de experiência cobrindo os bastidores do tiburón, o profissional apelidado de “El Mono” chegou inclusive em um programa da rádio local La Voz de la Costa a elencar uma lista com os nomes dos atletas que teriam “boicotado” Gamero.

Os apontados são o goleiro e capitão da equipe, Sebastián Viera, os zagueiros Andrés Correa e Deivy Balanta, os meio-campistas Yony González e Sebastián Hernández além dos atacantes Jorge Aguirre e Michael Rangel.

“Paneleiros: Mario Sebastián Viera. O maior de todos. Hipócrita descarado. “Pecoso” Correa, eu não acreditei, a própria ‘Madre Teresa’, é o que atira a pedra e esconde a mão. ‘Cara de Velha’ Sebastián Hernández, quem se faz de desentendido: Ele não sabe de nada, não se dá conta de nada”, assinalou Andrés, que continuou com os graves apontamentos:

“Jorge Aguirre, com cara de ‘não fui eu’ e se diz chateado porque não o utilizam e não o utilizam porque baixou o seu nível. Yony González, não joga. Cínico e fraco. Michael Rangel, o chamam de ‘galã’, o modelo, o rosto bonito. Então, com isso quis conquistar Gamero dizendo: ‘Aqui estou para ser titular’. E Gameiro disse a ele: ‘Você jogará quando tiver nível e isso quem decide sou eu’ e, no vestiário, iam chegar as vias de fato. E o outro se chama Deivy Balanta, o desentendido. Agora ninguém deles sabe de nada, não entendem nada, estão olhando para o outro lado.”

Confira a declaração na sua versão original: