Foto: Divulgação/Atlético Nacional

Na noite da última quarta-feira, o Atlético Nacional bateu o Santa Fe por 3 a 0, em jogo válido pela Copa Colômbia, mas nem tudo foi motivo de festa para o time Verolaga, que viu o técnico Juan Carlos Osorio perder a cabeça e ser expulso na etapa inicial.

Leia Mais: De Rossi desembarca na Argentina e é festejado pela torcida do Boca Juniors
Opinião: Nunca duvide da tradição e força do Boca Juniors

O relógio marcava 37 minutos, quando Juan David Cabral, lateral-esquerdo do Nacional foi expulso. Inconformado com a decisão da arbitragem, Osorio gesticulava a beira do gramado e bateu boca com o quatro árbitro.

Após o chilique do comandante, Alexis Hinestrosa, juiz da partida, se dirigiu ao comandante Verdolaga e mostrou o cartão vermelho. Revoltado, Osorio partiu para cima do homem do apito e deu um soco em seu pulso.

A ira do treinador era tão grande, que nem mesmo seus auxiliares conseguiram controlá-lo. Apesar do inconformismo com tudo o que passou, Osorio deixou o campo e dos vestiários acompanhou o triunfo da sua equipe.

Agora, a expectativa é que a Dimayor anuncie a punição do treinador ao longo do dia. A tendência é que ele pegue um gancho pesado pelo ato hostil.

Confira a cena: