Foto: Divulgação/Atlético Nacional

Após muita discussão em território colombiano, enfim saiu a punição de Juan Carlos Osorio. O técnico do Atlético Nacional fica dois meses fora dos gramados por agredir o árbitro em jogo válido pelas oitavas de final da Copa Colômbia.

Leia Mais: Em entrevista, ex-técnico faz tanto críticas como elogios a Neymar
Marcelo Gallardo manda recado aos adversários do River Plate na Libertadores

Na última quarta-feira, o Nacional vencia o Santa Fe quando o lateral-direito Juan Murillo foi expulso. Inconformado com a decisão do juiz, o comandante Verdolaga perdeu a cabeça e iniciou uma discussão com o quarto árbitro que o dedurou. Assim que Jhon Hinestroza se aproximou da área técnica e mostrou o vermelho, viu Osorio atingi-lo com um soco na mão.

O ato do treinador repercutiu de forma muito negativa na Colômbia. Juan Carlos Osorio é conhecido pela personalidade forte e a maneira agitada à beira do campo, o que por diversas vezes o coloca em choque com a equipe de arbitragem.

Durante a sua passagem na seleção mexicana, o treinador discutiu de maneira ríspida com a arbitragem na Copa das Confederações de 2017 e acabou suspenso por seis partidas.