SHARE
Foto: Divulgação

Ex-jogador do Boca Juniors e River Plate, o meio-campista Jonathan Fabbro, do Puebla, do México, está em sérios apuros. Por conta de supostos abusos sexuais a uma jovem, a justiça argentina pediu a prisão do atleta.

Leia Mais: Atacante do Sport provoca Santa Cruz e Náutico nas redes sociais
América de Cali passa pelo Barranquilla e define semifinais do Campeonato Colombiano

O caso teria ocorrido entre 2012 e 2016. A família da menina flagrou conversas do jogador através do whatsapp. Pressionada para contar, a jovem contou da sua relação com Fabbro e após a denuncia da mãe, a justiça começou a investigar o caso.

Aos 35 anos, Fabbro já atuou por inúmeros países no futebol sul-americano, entre eles, Brasil, Chile, Paraguai, Colômbia e Argentina. O meia também atuou pelo Real Murcia e Mallorca, da Espanha.

Atualmente no Puebla, do México, o atleta curte as férias de fim de ano ao lado da esposa Larissa Riquelme, musa da Copa do Mundo de 2010.