enquanto-jogava-pelo-paris-saint-germain-daniel-alves-teve-casa-roubada-Futebol-Latino-23-02
Foto: Reprodução

No período em que defendiam Barcelona e Real Madrid em acalorados clássicos espanhóis, não eram incomum o apontamento de possível “rixa” envolvendo o lateral-direito brasileiro Daniel Alves e o atacante português Cristiano Ronaldo. Entretanto, pelo menos de acordo com as informações do portal Goal, parece que ambos poderão ter de construir uma história diferente da rivalidade habitual.

Leia mais: Loco Abreu faz confissão sobre planos pós-aposentadoria
Jogadores do Equador promoveram festa em hotel durante a Copa América

Isso porque a Juventus (Itália) se demonstra interessada em repatriar o jogador que esteve no clube na temporada 2016/2017 e faz o adendo de que pessoas ligadas ao estafe de Daniel estiveram na cidade de Turim conversando com diretores da Juve sobre a viabilidade da transação. Algo que, com o mesmo sem contrato vigente junto a nenhum clube, se daria apenas por uma questão de negociação salarial.

O principal motivo do desejo da Vecchia Signora seria prevendo uma movimentação no mercado de transferências onde o Manchester City (Inglaterra) surge com força para reforçar a sua lateral-direita e um dos nomes mais comentados nos últimos tempos tem sido do titular bianconero, o português João Cancelo.

Curiosamente, o outro nome que aparece nas especulações, em muito pela relação positiva acumulada dos tempos de Barcelona, é o de Daniel Alves. Além dos Citizens e dos italianos, os ingleses Tottenham e Arsenal também são destinos possíveis ao lateral-direito brasileiro de 38 anos de idade recém-campeão da Copa América com a Seleção Brasileira.