COMPARTILHE
latinos-seguem-metade-top-10-ranking-da-fifa
Foto: Federico Parra/AFP

A ordem de força entre as maiores seleções do mundo segundo a mais recente atualização do ranking da FIFA segue sendo dominada por dois continente que, na história do futebol, já travaram batalhas memoráveis: América do Sul e Europa.

Leia mais: Investigado na Operação Zelotes, filho de Lula acerta com time uruguaio
Julio Grondona e Governo Kirchner tentaram evitar o rebaixamento do River Plate

De acordo com a pontuação ajustada referente aos compromissos de todas as representações mundiais pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia, nem mesmo o apenas um ponto conquistado em quatro disputados foi suficiente para tirar a Argentina do topo da lista, com quase 200 pontos de vantagem para a segunda colocada Alemanha.

Completando o Top 3 dessa listagem vem o Brasil, muito beneficiado pelos triunfos com autoridade sobre Bolívia e Venezuela que inclusive deram a ponta da disputa pelas vagas no Mundial aos comandados de Tite.

Como demais representantes do continente, nenhuma grande modificação nos postos há algum tempo pertencentes a Colômbia, Chile e Uruguai. Apenas a seleção cafetera, mesmo com uma vitória sobre o Paraguai e a igualdade com os uruguaios, caiu uma posição.

Confira os 10 primeiros colocados do ranking da FIFA e a posição das principais seleções latinas:

1°- Argentina – 1621 pontos

2° – Alemanha – 1465

3° – Brasil –  1410

4° – Bélgica – 1382

5° – Colômbia – 1361

6° – Chile – 1273

7° – França – 1271

8° – Portugal – 1231

9° – Uruguai – 1175

10° – Espanha – 1168

17° – México – 1001

19° – Equador – 932

23° – Peru – 865

24° – Estados Unidos – 852

37° – Paraguai – 738

68° – Venezuela – 516

80° – Bolívia – 444