COMPARTILHAR
Foto: Divulgação Estudiantes

Em terceiro lugar no grupo 6 da Libertadores, o Estudiantes terá um duelo decisivo contra o Nacional pela última rodada da primeira fase. Além de valer vaga nas oitavas, o encontro pode marcar a aposentadoria de Leandro Desábato, capitão e um dos principais líderes da equipe de La Plata.

Leia Mais: Sul-Americano prestes a trocar de clube na Premier League
No grupo de dois brasileiros, Racing e La U se enfrentam em Avellaneda

Após o duelo contra o Real Garcilaso, o zagueiro revelou que pensa em pendurar as chuteiras assim que o time argentino decidir a sua vida no torneio continental.

“Eu penso muito sobre o assunto (aposentadoria). Pode ser que contra o Nacional seja a minha última partida na carreira”, assegurou.

Polêmica com Grafite

Leandro Desábato ficou conhecido do público brasileiro na temporada 2005, quando ainda defendia o Quilmes e jogou a Libertadores pelo time argentino. Na ocasião, durante um jogo contra o São Paulo, o defensor foi acusado de racismo pelo atacante Grafite e chegou a ser preso dentro do gramado do Morumbi.

Carreira

Revelado nas categorias de base do Estudiantes, Desábato foi emprestado ao Olimpo, Quilmes e Argentinos Juniors para ganhar experiência e voltou ao time de La Plata na temporada 2007. Desde então, se transformou no capitão da equipe e um dos ídolos da torcida.