SHARE
lembra-dele-tres-brasileiros-na-europa-Futebol-Latino-18-11
Foto: Montagem Futebol Latino

*Por Marco Aurélio da Silva Júnior 

Nessa nova série do Futebol Latino, falaremos sobre jogadores que foram bastante conhecidos mas que atualmente estão apagados na mídia futebolística.

Leia mais: Relembre as participações do Bahia na Taça Libertadores
Torcida do Grêmio esgota carga para jogo da volta na Libertadores

Na primeira matéria do “Lembra Dele?”, temos três jogadores brasileiros que fizeram um certo sucesso no Brasil, mas que hoje estão esquecidos na Europa.

Lucas Piazon – Chelsea (Inglaterra)

Jogador do Chelsea desde 2012, o atacante foi pra Inglaterra ainda como jogador da base.

Com 23 anos de idade, Lucas Piazon joga desde 2013 emprestado, tendo passado por Málaga (Espanha), Vitesse (Holanda), Eintracht Frankfurt (Alemanha), Reading (Inglaterra) e Fulham (Inglaterra) que é o time onde está atualmente.

No Brasil, Piazon passou apenas pelas categorias de base do Coritiba, Atlético Paranaense e São Paulo. Ainda com 17 anos, foi vendido para o Chelsea, clube que tem os direitos do jogador até hoje.

Passou por todas as seleções de base do Brasil, sendo elas a sub-15, sub-17, sub-20 e sub-23, colecionando os títulos do Campeonato Sul-Americano sub-17 em 2011 e o Torneio Internacional de Toulon sub-20 em 2014.

Na temporada 17-18, Lucas Piazon tem três jogos, somando dois gols e uma assistência. O atacante está machucado e tem retorno previsto para metade de dezembro.

Gabriel Boschilia – Monaco (França)

Revelado pelo São Paulo, o meia Gabriel Boschilia fez muito sucesso entre 2014 e 2015 no Brasil, sendo um dos principais jogadores do Tricolor.

Com 21 anos de idade, Boschilia voltou recentemente ao Monaco, após uma temporada emprestado ao Standard Liège (Bélgica).
No Brasil, o jogador iniciou na base do Guarani, onde jogou entre 2005 e 2012. Aos 16 anos, foi para a base do São Paulo, onde se profissionalizou e jogou até 2015.

Na Bélgica, o meia fez 12 partidas, somando dois gols marcados e duas assistências, sendo um dos principais jogadores do Standard Liège. Porém, ficando apenas seis meses no clube belga e já retornando ao principado.

Quando voltou, seus números fizeram jus ao investimento monegasco com 15 jogos, 8 gols e 4 assistências, prometendo um período de franca evolução.

Na temporada atual, entretanto, o brasileiro soma quatro partidas pelo Monaco sem nenhum tento marcado e todas saindo do banco de reservas. Isso porque Boschilia voltou de uma ruptura de ligamento cruzado recentemente, lesão que causa a falta de ritmo do meia.

Danilo Barbosa – Braga (Portugal)

Revelado pelo Vasco em 2014, o volante Danilo Barbosa foi um dos atletas que mais impressionaram na seleção brasileira sub-20, vice-campeã mundial em 2015.

Sem nem um ano jogando no Vasco, foi vendido ao Braga de Portugal com apenas 17 anos de idade. Passou três temporadas sendo emprestado, jogando no Valencia (Espanha), Benfica (Portugal) e Standard Liège (Bélgica).

Iniciou a base no Grêmio, onde jogou em 2008 e 2009. Em 2010 jogou pelo Vitória, onde com destaque chamou atenção do Vasco. No Vasco permaneceu de 2011 a 2014.

O volante foi bola de prata do mundial sub-20 em 2015, além de ter vencido o prêmio de revelação do Torneio de Toulon em 2013.
Apenas na temporada atual tornou-se titular absoluto do Braga. Com 19 jogos, Danilo Barbosa soma dois gols e duas assistências nessa temporada, sendo fundamental no sistema defensivo do clube português.