COMPARTILHAR
leo-fernandez-comemora-nao-ter-sofrido-gols-como-mandante-Futebol-Latino-13-04
Foto: Gustavo de los Rios

O resultado de 0 a 0 contra o São Paulo no Gigante de Arroyito certamente não foi o que a equipe do Rosario Central gostaria de levar para a segunda partida na primeira fase da Copa Sul-Americana.

Leia mais: Sol de América surpreende e derrota Independiente Medellín
Durante treinamento, lateral-direito do Peñarol sofre corte profundo

Mesmo assim, a entrevista após o confronto dada pelo treinador Leo Fernández demonstra que, pelo menos no que se refere ao técnico, houve um ponto positivo no placar: Não ter sofrido gols como mandante:

“Apesar deles terem ficado com um homem a menos (Rodrigo Caio foi expulso aos 35 minutos de jogo) e não termos conseguido aproveitar, que não tenham convertido em nosso campo é bom. Estamos confiantes, mas será uma eliminatória dura.”

Referente ao que enxergou como faltante para que os Canallas pudessem ter ganhado a partida, Fernández citou a juventude excessiva do plantel como algo que pode ter prejudicado. No entanto, também fez considerações positivas sobre a organização da equipe.

“Pode ser por termos muitos jovens no plantel, isso às vezes joga contra, trabalhamos muito a bola porém não encontramos os espaços. Igualmente, não nos desarrumamos, não tivemos contratempos defensivos, o plantel vai se adaptando a diferentes circunstâncias”, pontuou o treinador argentino.

Por fim, o técnico do Rosario admite que esperava levar um triunfo para atuar no Morumbi em confronto do próximo dia 4 de maio, mas que vê a eliminatória em aberto: “Sempre se joga a ida e a volta, tentamos uma vitória para ver o que aconteceria no Brasil, mas a chave fica totalmente aberta e quem fizer melhor as coisas vai ganhar.”