COMPARTILHE
raio-x-equipes-abrem-disputa-copa-libertadores-2017-Futebol-Latino-23-01
Foto: Divulgação/Conmebol

Além de Colo-Colo x Botafogo e Millonarios x Atlético-PR entrarem hoje (8) em campo para definirem os seus destinos rumo a um espaço na fase de grupos da Copa Libertadores, amanhã mais três duelos farão parte da rotina de quem gosta de acompanhar o andamento da competição mais relevante do nosso continente.

Leia mais: Carlos Rentería deixa time mexicano e acerta com clube colombiano
Confira um raio-x da rodada do Sul-Americano Sub-20

The Strongest x Montevideo Wanderers – 20h15

Depois de uma larga vantagem jogando em solo uruguaio obtida com a vitória por 2 a 0, as coisas estão bem favoráveis ao The Strongest, mas isso não impede que o treinador venezuelano César Farías tenha uma incômoda dúvida em relação ao volante Walter Veizaga.

Ainda em recuperação de uma contratura muscular, o jogador é a principal dúvida da equipe e, caso não reúna condições clínicas de entrar em campo, o substituto natural será Diego Wayar.

Pelos lados do Bohemio, superar as complicações de atuar a mais de 3,6 mil metros de altitude, situação mais complicada que na fase anterior onde acabou derrotado por 3 a 2 diante do Universitario Sucre no confronto de ida em pouco mais de 2,8 mil metros, será um elemento a mais de dificuldade.

Com relação a desfalques, a delegação charrúa que deve viajar a Bolívia apenas no início da tarde dessa quinta-feira certamente não contará com os lesionados Diego Barboza e Gastón Bueno, tendo como elemento de compensação o retorno de Martín Rivas.

Prováveis escalações

The Strongest: Daniel Vaca; Diego Bejarano, Luis Maldonado, Fernando Marteli e Marvin Bejarano; Raúl Castro, Walter Veizaga (Diego Wayar), Agustín Jara e Alejandro Chumacero; Pablo Escobar e Matías Alonso.

Técnico: César Farías.

Montevideo Wanderers: Martín Rodríguez; Maurício Gómez, Emiliano Diaz, Federico Andueza e Martín Rivas; Adrián Colombino, Matías Santos, Manuel Castro, Ignacio González e Rodrigo Rivero; Sergio Blanco.  

Técnico: Jorge Giordano.

Olimpia x Independiente del Valle

Do confronto que sai o possível adversário do Botafogo caso os cariocas avancem, a certeza de um confronto praticamente indefinido depois de uma vitória simples na semana passada por 1 a 0 do Del Valle.

Na equipe paraguaia os ânimos parecem estar renovados depois de uma importante vitória na estreia do Apertura 2017 contra o Trinidense por 3 a 0, partida que teve como principais destaques os recém-contratados atacantes Pablo Mouche (emprestado pelo Palmeiras) e Brian Montenegro.

Já do lado do time dirigido por Alexis Mendoza, apenas o meia-atacante Felipe Mejía é dúvida para o duelo de Assunção por ter sentido uma lombalgia.

Prováveis escalações

Olimpia: Librado Azcona; José Cañete, Saúl Salcedo; César Benítez e Richard Ortíz; Cristian Riveros, Fernando Giménez e Fernando Fernández, Pablo Mouche e Brian Montenegro.

Técnico: Pablo Repetto.

Independiente del Valle: Adrián Boné; Christian Núñez, Fernando León, Juan Segóvia e Luis Ayala; Dixon Arroyo, Mario Rizotto, Anthony Landázuri e Efrén Mera; Gabriel Cortéz e Michael Estrada.

Técnico: Aléxis Mendoza.

Universitario x Deportivo Capiatá

Uma missão bem indigesta terão os visitantes paraguaios estreantes em Libertadores, tendo que reverter o 3 a 1 sofrido em casa contra o time de Lima agora atuando dentro do Monumental.

Por parte do Universitario, tendo garantida a presença do rodado Juan Manuel Vargas após o mesmo desmentir rumores sobre uma lesão no joelho, a maior preocupação do clube crema é a arbitragem de José Argote, árbitro que tem em seu currículo a até hoje considerada pelos peruanos polêmica atuação na semifinal da Copa América do Chile entre a seleção local e os chilenos.

Para o Capiatá, a tentativa de fazer história demonstra-se bem difícil, mas ao menos não haverão grandes desfalques para o plantel que tem em seu comando um conhecido da torcida brasileira: Diego Gavilán, ex-Grêmio, Flamengo, Internacional e Portuguesa nos tempos de jogador.

Prováveis escalações

Universitario: Carlos Cáceda; Aldo Corzo, Alberto Rodríguez, John Galliquio e Joaquín Aguirre; Arquímedes Figuera, Juan Manuel Vargas, Alexi Gómez, Alberto Medina e Diego Manicero, Hernán Rengifo.

Técnico: Roberto Chale.

Deportivo Capiatá: Bernardo Medina; Carlos Bonet, Jorge Paredes, Ramón Ortigoza e Cristian Martínez; Eduardo Ledesma (Gustavo Noguera), Blas Irala, Hugo Lusardi e Julio Irrazábal; Cristian López e Roberto Gamarra.

Técnico: Diego Gavilán.