O atacante uruguaio Luis Suárez fez testes na última sexta-feira (5) para saber da sua real condição física em função das dores que sentiu em seu joelho direito no jogo entre Tottenham e Barcelona na última rodada da Liga dos Campeões da Europa.

Leia mais: Em alta na MLS, empresário descarta Miguel Almirón no Arsenal
Consumo de bebida alcoólica na concentração afastou Vargas da seleção do Chile

Depois da avaliação, ficou decidido que o jogador não atenderá a convocação do técnico Óscar Tabárez para os amistosos de datas FIFA frente a Coreia do Sul e Japão nos dias 12 e 16 de outubro, respectivamente.

Não foram dados detalhes específicos por parte do Barça sobre qual seria o real problema do Pistolero, sabendo-se apenas que o jogador se tornou dúvida para estar junto a equipe que vai as Astúrias enfrentar na La Liga o Valencia no estádio Mestalla.

Porém, nem só de informações ruins ao artilheiro os últimos dias tem sido feitos. Isso porque, com a paralisação “forçada” pela lesão, o atleta terá tempo para ver de perto o nascimento de seu terceiro filho com sua esposa, Sofía Balbi.

Segundo o comunicado emitido pela Associação Uruguaia de Futebol (AUF), a retirada do atacante da lista se deu em função do seu terceiro filho, não citando em nenhum momento acerca da lesão do jogador que é o maior artilheiro da história da Celeste Olímpica com 55 gols em 104 jogos.