COMPARTILHE
Danubio-Sport-Copa-Sul-Americana-Futebol-Latino-11-05
Foto: Arte Futebol Latino

Foi no sufoco, mas o Sport conseguiu passar de fase na Copa Sul-Americana. Após perder no tempo normal por 3 a 0, o time de Recife bateu o Danubio nos pênaltis por 4 a 2. Destaque para o goleiro Magrão que defendeu duas cobranças.

Leia Mais: Cerro Porteño vence fora de casa e elimina Caracas na Sul-Americana
Sem maiores esforços, Arsenal de Sarandí atropela Juan Aurich e segue na Sul-Americana

O jogo

A pressão nos minutos iniciais do Danubio foi muito forte. O time uruguaio buscava a velocidade e deixava a zaga do Sport perdida na marcação.

O primeiro gol do time uruguaio saiu aos 14 minutos. Em bola levantada na área, Arroyo foi travado por Matheus Ferraz. No rebote, Zarfino carimbou o poste e na terceira Jonathan dos Santos estufou as redes de Magrão, 1 a 0.

A pressão continuou muito forte e o segundo gol do Danubio foi questão de tempo. Após pênalti marcado pela arbitragem, Olaza ampliou, 2 a 0.

Segundo Tempo

Assim como na etapa inicial, o Danubio começou com muita força no ataque e chegou ao terceiro gol em nova cobrança de pênalti. Dessa vez, Olaza mudou o estilo e bateu colocado no canto direito, 3 a 0.

Completamente perdido dentro de campo, o Sport continuou cedendo espaços na defesa e deixava o time rival jogar tranquilamente.

Aos 19 minutos o Danubio marcou o quarto gol, mas foi anulado pela arbitragem, que apontou impedimento de Zarfino.

Nos minutos finais, o Sport ainda teve a chance de evitar os pênaltis, mas Paulo Henrique que ficou na cara do goleiro pegou muito mal na bola e Ichazo defendeu.

Pênaltis

Na disputa da marca de cal o Sport se deu melhor. A estrela do goleiro Magrão brilhou e ele defendeu as cobranças de Gonzalo González e Marcelo Tabarez. No fim, o Leão da Ilha venceu por 4 a 2.

COMPARTILHE
Formado em jornalismo no ano de 2012 pela FMU, atuou em TV, jornal e sites de conteúdo esportivo. Foi editor do site Universo dos SPorts e atualmente trabalha como editor-chefe do Futebol Latino.