COMPARTILHAR
Foto: Williams Aguiar/Divulgação Sport

Na quarta-feira, o goleiro Magrão completa 700 jogos com a camisa do Sport contra o Central e apesar de já ter o nome marcado na história do clube, o atleta de 40 projeta outro plano ambicioso: o de se tornar o maior campeão do Sport de todos os tempos.

Leia Mais: Ex-jogador do Palmeiras tira sarro de Messi nas redes sociais; Veja Mais
Cortez fala em gratidão a Renato e “indicação” do elenco do Grêmio

Atualmente, o camisa 1 tem nove títulos, o mesmo número de troféus do atacante Leonardo, que marcou época nos anos 90 e 2000, mas que faleceu aos 41 anos, em 2016.

Em entrevista ao site do Leão, Magrão abriu seu coração e falou sobre o amor que sente pelo time da Ilha do Retiro.

“Não me canso de jogar, principalmente vestindo essa camisa. Para mim, toda vez que entro em campo tendo a oportunidade de vestir a camisa do Sport é sempre uma satisfação. Atingindo essa marca (de 700 jogos), a alegria aumenta muito, pois sei que é um número muito expressivo. Praticamente uma vida na minha carreira”, declarou.

No Sport desde 2005, o goleiro também comentou sobre a chance de se tornar o maior campeão da história do clube.

“Sempre penso em ser campeão. O jogador de futebol fica marcado pelas conquistas. Toda vez que disputo um campeonato o primeiro pensamento é de ser campeão. Consequentemente isso vai agregar o número de títulos, com a chance de ultrapassar Leonardo, que é um ídolo que o Sport tem. Quando iniciei não esperava chegar a esse ponto, sendo o jogador que pode ser o que mais conquistou troféus. Se acontecer, vou ficar muito grato. Estou lutando muito com meus companheiros para que isso seja possível”, afirmou.

Sport e Central se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília) e você confere tudo sobre o duelo no Futebol Latino.