Foto: AFP

*Por Mônica Alvernaz

A passagem de Gonzalo Higuaín pelo Milan foi breve e muito além do que foi esperado no momento da contratação. Apenas seis meses após fechar o contrato, o argentino acabou trocando o clube italiano pelo Chelsea.

Leia mais: Claudio Pizarro alcança marca histórica no futebol alemão
Caracas é o destaque na abertura da 4ª rodada do Venezuelano

Sem meias palavras, um dos grandes ídolos do Milan, e atual dirigente do clube, Paolo Maldini, falou sobre o ocorrido, criticando indiretamente o jogador. “Higuaín não foi um grande casamento”.

Maldini ainda destacou, de forma positiva, o bom clima existente no clube italiano. “Milanello é um lugar importante, um ambiente saudável em que você pode crescer. É um clube sério”.

Após uma badalada chegada ao Milan, Higuaín deixou o clube sem grandes apresentações. Em 22 partidas, o atacante marcou em oito oportunidades. Agora no Chelsea, o argentino chega novamente por empréstimo, já que seu passe ainda pertence à Juventus.