maradona-faz-criticas-a-mandato-de-gianni-infantino-na-fifa-Futebol-Latino-07-03
Foto: Rashide Frias/AFP

*Por Juliano Rangel

Sempre dando suas declarações polêmicas, Diego Armando Maradona não deixou de expressar seu descontentamento com a ausência de Kun Aguero na lista do técnico Lionel Scaloni para os amistosos da seleção argentina contra Venezuela e Marrocos, neste mês de março.

Leia mais: Antonio Valencia não deverá seguir no Manchester United

Hugo Sánchez volta a falar sobre o desejo de trabalhar como técnico do Real Madrid

Maradona não poupou críticas Scaloni por deixar Aguero de fora da lista. “Estava em um convento ou não tinha televisão, Scaloni? Não sei o que tem que demonstrar Aguero para ser convocado. É o máximo goleador do Manchester City. Um ‘jogadoraço”. Scaloni faltou com respeito à bola”, declarou o técnico do Dorados de Sinaloa.

Sobre o retorno de Lionel Messi, Maradona disse que isso o reconforta, mas não esqueceu da ausência de Aguero. “O regresso de Messi me reconforta porque vamos ver um bom futebol, porém ele (Scaloni) não chamou Aguero”, disse El Pibe.

Já comentando sobre o trabalho de Scaloni, o eterno camisa 10 da Argentina foi enfático. “Não pode dirigir nem o tráfego de trânsito. Para minha equipe eu não o quero”, finalizou Maradona.