Foto: Divulgação

O natal aconteceu na última terça-feira, mas a torcida do Newell’s Old Boys ganhou um presente nesta quinta-feira. O meia Maxi Rodríguez deixou o futebol uruguaio e assinou com o time do coração.

Leia Mais: Revista elege Thiago Silva o melhor estrangeiro da França em 2018
Gabriel Mercado diz que Sevilla ainda não o procurou para renovação

A volta de Maxi ao clube era um grande desejo do próprio atleta, que tinha contrato com o Peñarol, mas preferiu retornar a sua casa.

Esta será a terceira passagem do meio-campista de 38 anos no clube de Rosario. A primeira aconteceu entre 1999 a 2002. A segunda foi durante as temporadas 2013 e 2017, quando levantou o caneco do campeonato argentino.

Agora, o panorama é diferente da última passagem. O Newell’s não vive uma grande fase e está longe de sonhar com as competições continentais. Na Superliga Argentina, os Leprosos ocupam a 13ª colocação, com 18 pontos.

Trajetória na Europa

Revelado pelo Newell’s no fim dos anos 90, Maxi não demorou muito a chegar ao velho continente e teve uma breve passagem pelo Espayol. Em 2005 foi negociado com o Atlético de Madrid e marcou época no Vicente Calderón.

O último clube europeu foi o Liverpool. Entre 2009 e 2012 atuou pelo time do Alfield, mas as atuações ficaram abaixo do esperado.