Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no print
Print

Meio-campista argentino volta a ser ligado a um retorno ao Boca Juniors

Foto: AFP

Nas últimas semanas, Daniel Angelici, presidente do Boca Juniors, conversou com a imprensa argentina e revelou que tinha o desejo de repatriar Éver Banega, que atualmente joga pelo Sevilla, da Espanha, mas foi revelado para o futebol no time argentino.

Leia mais: Claudio Pizarro faz exigências para acertar com time sul-americano
Tévez afirma que percebia olhares de desconfiança do torcedor

Segundo a publicação do diário Olé, o meio-campista de 30 anos correspondeu a entrevista do dirigente e, pela primeira vez, manifestou o desejo de voltar a La Bombonera.

Mesmo com a vontade de ambos os lados, a operação não é tão simples. O primeiro obstáculo é o salário do jogador, que precisaria ser reduzido pela metade, pois o Boca Juniors não tem condições de pagar o equivalente ao que Banega recebe na Europa.

Outro ponto que surge como empecilho é o próprio Sevilla. O contrato do jogador vai até junho de 2020 e o clube espanhol deixou claro que gostaria de uma compensação financeira. Neste caso, Boca e Banega teriam que se unir e negociar um valor que o time Xeneize possa desembolsar.

Ainda de acordo com a matéria, o contrato oferecido pelo Boca Juniors é de quatro temporadas, ou seja, a ideia é transformar Banega em bandeira dentro do clube e referência no elenco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Futebol Latino 2019