duelo-ex-flamengo-ex-palmeiras-movimenta-futebol-arabia-saudita-Futebol-Latino-27-11
Foto: Divulgação/Al Hazm

Com a chegada em massa de jogadores brasileiros ao futebol da Arábia Saudita, situações iguais as que o meio-campista Muralha irá enfrentar pelo Al Hazm (Arábia Saudita) na próxima segunda-feira (28) pelo campeonato árabe tendem a ser cada vez mais comuns.

Leia mais: Bundesliga coloca James Rodríguez como melhor meia da década na Europa
Colômbia marca no último minuto e elimina o Chile do Sul-Americano

O Al Hazm terá de viajar até Jidá para jogar como vistante frente ao Al Wehda, ex-equipe de Fábio Carille, mas que ainda conta com vários jogadores brasileiros como o zagueiro Renato Chaves, o volante Anselmo e o atacante Marcos Guilherme.

Contudo, mesmo com o nível de competitividade que naturalmente existe, Muralha garante que o clima de rivalidade alimentado pelos atletas no país do Oriente Médio é totalmente saudável:

“Esses encontros entre brasileiros são bem legais aqui. A gente tem uma rivalidade sadia na Arábia Saudita. Queremos vencer essa partida com o Al Wehda, que conta com diversos nomes conhecidos no futebol brasileiro como Marcos Guilherme, Otero, Renato Chaves, Anselmo. Tem tudo para ser um grande jogo.”

Bastante identificado com o Flamengo por ter jogado tanto nas categorias de base como no profissional, ele sempre procura informações acerca do Rubro-Negro carioca e, inclusive, comentou sobre a formação de elenco para 2019:

“Sempre acompanho o Flamengo e estou na torcida para que o clube faça um grande ano em 2019. O elenco tem tudo para isso. A chegada de Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel vai ajudar muito o grupo neste ano. Sem dúvida o Flamengo tem um dos melhores elencos do Brasil hoje.”