COMPARTILHE
primeira-vez-que-messi-fez-tres-gols-em-um-jogo-foi-ha-10-anos-Futebol-Latino-10-03
Foto: Dan Istitene/Getty

Mesmo não indo a Suíça para reforçar a apelação para retirar a punição imposta a ele pelo Comitê Disciplinar da FIFA, o astro argentino Lionel Messi recebeu uma ótima notícia nessa sexta-feira (5).

Leia mais: Canadense indicada a importante prêmio no futebol feminino faz revelação
Ex-Corinthians está feliz na Coreia do Sul, mas aponta necessidade de melhora do Pohang Steelers

De acordo com um comunicado emitido pelo Comitê de Apelação da entidade máxima do futebol, a punição de quatro partidas e multa de 10 mil francos suíços impostas anteriormente ao argentino foi retirada.

Em vias gerais, o comitê responsável por reverter a decisão anterior concluiu através da sua avaliação que não haviam provas efetivamente conclusivas para chegar ao veredito inicialmente imputado ao caso:

“Apesar do fato do Comitê de Apelação da FIFA ter considerado o comportamento de Lionel Messi reprovável, o mesmo concluiu que as evidências apresentadas não são suficientes para se aplicar a regra correspondente no artigo 77 a) do Código Disciplinar da FIFA no qual os membros do Comitê Disciplinar são responsáveis por sancionar infrações sérias que escaparam aos olhares dos oficiais da partida.”

Mesmo com a decisão favorável ao astro do Barcelona, a FIFA ressalta no comunicado sua reprovação as ofensas proferidas por Messi ao assistente brasileiro Emerson Pereira de Carvalho no jogo das Eliminatórias onde a Argentina venceu o Chile por 1 a 0 no Monumental de Núñez:

“O Comitê de Apelação jamais colocará em segundo plano a importância de sempre mostrar respeito aos oficiais da partida, frisando que tal princípio é essencial no futebol e que qualquer conduta que não dê suporte a isso e que possa ser contrária aos princípios do fair play são inaceitáveis.”