SHARE
Foto: Reuters

*Alex Dias de Souza

Algumas semanas atrás, em entrevista recente aos jornais europeus, o treinador italiano Fabio Capello, afirmou que os melhores jogadores de futebol da história são Pelé, Maradona e Messi. As declarações do técnico repercutiram muito na Espanha e trouxe uma questão, porque o técnico deixou de fora o astro da seleção portuguesa e do Real Madrid, Cristiano Ronaldo?

Leia mais: Messi, Higuaín e Dybala concorrem ao prêmio de melhor atleta argentino em 2016

Ex-atacante da seleção colombiana critica Cristiano Ronaldo e James Rodríguez

O jornal espanhol As, novamente entrevistou o Capello para saber o porquê, e ele respondeu.

“O Cristiano Ronaldo é um grande goleador, mas ele não tem a genialidade do Messi”, respondeu o italiano.

Para explicar a sua afirmação, Fabio Capello lembrou o início da carreira do argentino e comparou as características dos dois craques.

“O Messi com 17 e 18 anos já era um gênio, o Cristiano era um bom jogador que se construiu com muito trabalho e esforço para depois se transformar em um craque. O português é muito bom, boníssimo, tem todo o meu respeito, mas não tem em seu repertório uma jogada genial. É impossível que os outros não possam notar essa diferença”, afirmou.

O treinador também falou sobre a disputa dos craques para ver quem ficará com a bola de ouro desta temporada, e disse que o português merece levar a melhor nesta disputa, mas ainda assim ele manteve a sua opinião na questão de genialidade.

“Isso é muito claro para mim. Quem deveria ganhar isso? Ele levou Portugal para a final da Eurocopa, ganhou uma Champions League. É mais do que merecido. Mas quando falamos de gênios, para mim o discurso é outro”, explicou o treinador.

Além de falar sobre Messi e Cristiano Ronaldo, Fábio Capello falou sobre as declarações de seu compatriota Carlo Ancelotti que apontou Neymar e Dybala como sucessores dos craques.

“São características distintas, na questão midiática, acho que serão os sucessores sim. Eles possuem jogadas muito importantes, são dois jogadores que me agradam também”, finalizou.

  • Marco Antonio F C

    ENGRAÇADO NÉ, PODE ATÉ SER QUE O MESSI SEJA UM GENIO DENTRO DE CAMPO, MAS O CRISTIANO RONALDO ALÉM DE CRAQUE, FOI CRAQUE FORA DOS CAMPOS DOANDO 3 MI DE EUROS PARA AS VITIMAS DA TRÁGEDIA QUE ENVOLVERAM CHAPECOENSE E JORNALISTAS, ENFIM…NÃO PRECISA SER GENIO PRA JOGAR FUTEBOL, PRECISA SER BOM DE CORAÇÃO, POIS O RESTO DEUS DÁ EM DOBRO, E CRISTIANO RONALDO DEPOIS DISSO SE TORNARÁ PARA MIM MUITO MELHOR QUE LIONEL MESSI.