COMPARTILHE
Foto: Reuters

*Alex Dias de Souza

Algumas semanas atrás, em entrevista recente aos jornais europeus, o treinador italiano Fabio Capello, afirmou que os melhores jogadores de futebol da história são Pelé, Maradona e Messi. As declarações do técnico repercutiram muito na Espanha e trouxe uma questão, porque o técnico deixou de fora o astro da seleção portuguesa e do Real Madrid, Cristiano Ronaldo?

Leia mais: Messi, Higuaín e Dybala concorrem ao prêmio de melhor atleta argentino em 2016

Ex-atacante da seleção colombiana critica Cristiano Ronaldo e James Rodríguez

O jornal espanhol As, novamente entrevistou o Capello para saber o porquê, e ele respondeu.

“O Cristiano Ronaldo é um grande goleador, mas ele não tem a genialidade do Messi”, respondeu o italiano.

Para explicar a sua afirmação, Fabio Capello lembrou o início da carreira do argentino e comparou as características dos dois craques.

“O Messi com 17 e 18 anos já era um gênio, o Cristiano era um bom jogador que se construiu com muito trabalho e esforço para depois se transformar em um craque. O português é muito bom, boníssimo, tem todo o meu respeito, mas não tem em seu repertório uma jogada genial. É impossível que os outros não possam notar essa diferença”, afirmou.

O treinador também falou sobre a disputa dos craques para ver quem ficará com a bola de ouro desta temporada, e disse que o português merece levar a melhor nesta disputa, mas ainda assim ele manteve a sua opinião na questão de genialidade.

“Isso é muito claro para mim. Quem deveria ganhar isso? Ele levou Portugal para a final da Eurocopa, ganhou uma Champions League. É mais do que merecido. Mas quando falamos de gênios, para mim o discurso é outro”, explicou o treinador.

Além de falar sobre Messi e Cristiano Ronaldo, Fábio Capello falou sobre as declarações de seu compatriota Carlo Ancelotti que apontou Neymar e Dybala como sucessores dos craques.

“São características distintas, na questão midiática, acho que serão os sucessores sim. Eles possuem jogadas muito importantes, são dois jogadores que me agradam também”, finalizou.

COMPARTILHE
A redação do site pioneiro em informações detalhadas a respeito do futebol na América Latina trabalha sempre para unir qualidade e dinamismo a um conceito moderno de jornalismo esportivo.
  • Marco Antonio F C

    ENGRAÇADO NÉ, PODE ATÉ SER QUE O MESSI SEJA UM GENIO DENTRO DE CAMPO, MAS O CRISTIANO RONALDO ALÉM DE CRAQUE, FOI CRAQUE FORA DOS CAMPOS DOANDO 3 MI DE EUROS PARA AS VITIMAS DA TRÁGEDIA QUE ENVOLVERAM CHAPECOENSE E JORNALISTAS, ENFIM…NÃO PRECISA SER GENIO PRA JOGAR FUTEBOL, PRECISA SER BOM DE CORAÇÃO, POIS O RESTO DEUS DÁ EM DOBRO, E CRISTIANO RONALDO DEPOIS DISSO SE TORNARÁ PARA MIM MUITO MELHOR QUE LIONEL MESSI.