SHARE
Foto: Reprodução

*Alex Dias de Souza

O técnico do Paraguai, Ranulfo Miranda, morreu ontem aos 89 anos de idade, após sofrer complicações de saúde. Idolatro pelos paraguaios, o treinador, que completaria 90 anos no próximo mês, já tinha recebido várias homenagens quando ainda estava vivo, a última delas ocorreu em junho do ano passado, quando foi declarado “Filho amado da cidade de Assunção “pelo município.
Ranulfo Miranda nasceu em Areguá em 1927 e desde a infância tinha grande apego ao futebol. Iniciou a carreira nos anos 40 e jogou pelo Guaraní. Depois de se aposentar como jogador, ele iniciou a profissão como técnico e treinou grandes clubes paraguaios como Cerro Porteno, Guarani e Nacional além de comandar a seleção paraguaia na Copa América de 1979, onde conduziu com sucesso a campanha do título continental vencido pela segunda e última vez pelo Paraguai.

Na sua segunda passagem pela seleção, Miranda atuou como conselheiro do técnico brasileiro Paulo Cesar Carpeggiani e ajudou o paraguai a realizar uma boa campanha na Copa de 1998 ao chegar até as quartas de finais do Mundial.

SHARE

A redação do site pioneiro em informações detalhadas a respeito do futebol na América Latina trabalha sempre para unir qualidade e dinamismo a um conceito moderno de jornalismo esportivo.