COMPARTILHAR
Foto: @Show de Banfield

No estádio Francisco Sola, o Banfiel ficou atrás do marcador por duas vezes, mas na base da raça, empatou com o Nacional por 2 a 2. Os gols do time uruguaio saíram através de Sebá Fernández e Espino. O time da casa fez com Bertolo e Cvitanich.

Com o resultado, o Nacional joga por um empate sem gol ou por um a um na volta. Já o Banfield avança com empate acima de três a três. O duelo acontece na próxima quarta-feira, em Montevidéu.

O jogo

O primeiro tempo foi dominado pelo Nacional e poucas chances eram criadas pelas duas equipes. Com mais técnica que o rival, o time uruguaio quase abriu o marcador aos 14 minutos. Após rebote da defesa, Viúdez soltou a bomba e Arboleda fez um milagre.

Na reta final da primeira etapa o time visitante por muito pouco não abriu o placar. De Pena cruzou rasteiro e Sebá Fernández chutou cruzado, a bola saiu mascada e Civelli afastou o perigo.

Na segunda etapa a superioridade do Nacional apareceu aos 4 minutos. Após cobrança de escanteio, Arismendi desviou no primeiro pau e Sebá Fernández mandou para as redes, 1 a 0.

O gol obrigou o Banfield ir para o ataque e mesmo de maneira desajeitada, o time argentino empatou aos 12 minutos. Em cruzamento, Bertolo aparece no segundo pau e manda para o gol, 1 a 1.

Empolgado pelo gol de empate, o Banfield tentou pressionar para virar o marcador, mas esbarrava na própria limitação técnica e era presa fácil para o time uruguaio.

O Nacional voltou a liderar o placar aos 36 minutos. Zunino recebeu na lateral da grande área e no cruzamento rasteiro, Espino apareceu livre e mandou para o gol, 2 a 1.

Nos acréscimos, em levantamento na grande área o Banfield empatou. Kalinski cruzou para trás e encontrou Cvitanich, que dominou e mandou para o gol, 2 a 2.