nacional-joga-com-o-zamora-no-uruguai-pela-copa-libertadores-Futebol-Latino-09-04
Foto: Divulgação

Além de jogar pensando em suas próprias pretensões na quarta rodada dos grupos na Copa Libertadores, Nacional e Zamora se enfrentam na cidade de Montevidéu na quarta-feira (10) às 19h15 podendo dar um alívio ou aumentar a agonia do torcedor de uma equipe brasileira: O Atlético-MG.

Leia mais: Conmebol confirma Argentina e Colômbia como sedes da Copa América 2020
Godoy Cruz vai ao Paraguai tentando “tomar” liderança do Olimpia

O Galo é, nesse momento, o terceiro colocado do Grupo E com três pontos ganhos. Seu próximo adversário, o Cerro Porteño, lidera com nove e tem panorama bem mais tranquilo assim como o Nacional, com seis. Sem pontuar até aqui, o Zamora parece ter uma realidade mais ligada a buscar vaga na Sul-Americana do que uma improvável “mudança de cenário” na Liberta.

Em relação ao momento das equipes, o Bolso chega em viés de alta com o sucesso precoce do comando de Álvaro Gutiérrez, técnico sucessor do argentino Eduardo Domínguez. São 11 gols à favor, nenhum tento contra com direito a um imponente 6 a 0 aplicado no último fim de semana frente ao River Plate de Montevidéu pelo Apertura local.

Apesar dos problemas recentes em solo venezuelano e os três reveses na Liberta, a situação do clube de Barinas pensando na temporada como um todo não é ruim.

O atual campeão nacional é o terceiro colocado do Apertura venezuelano com 21 pontos, cinco a menos do que o ponteiro Carabobo, e foi bastante efetivo nos primeiros 45 minutos do jogo onde acabou derrotado de virada para o Atlético por 3 a 2.