SHARE
Foto: Goal.com

Arturo Vidal é conhecido pelas polêmicas dentro e fora de campo. Dessa vez, o volante chileno ficou feliz por ser indicado para a Bola de Ouro, mas deixou claro que não se ilude em vencer o prêmio, já que em sua opinião, algum jogador de ataque vai vencer.

Leia Mais: Querétaro sonha com a volta de Ronaldinho Gaúcho
FEF revela valores da punição ao Emelec referente ao clássico equatoriano

“Estou feliz com a minha nomeação para o prêmio. Este ano tem sido fantástico para a minha carreira e conquistei praticamente tudo que disputei. Só faltou a Champions League, mas não tem problema. Espero que a fase continue positiva em 2017. Apesar do momento mágico eu sei que não vou vencer, os jogadores de ataque tem mais marketing e devem ficar com o troféu”, afirmou Vidal ao jornal La Tercera.

Desde que chegou ao Bayern de Munique, Arturo Vidal viveu altos e baixos. O começo foi decepcionante e até Pep Guardiola, técnico do time alemão na época, chegou a pedir o seu empréstimo, mas foi convencido de ficar com o atleta.

Em duas temporadas na Bundesliga, Vidal já disputou 61 jogos e marcou 10 gols. O contrato dele com o Bayern vai até junho de 2019.