COMPARTILHAR

Jogando como mandante no terceiro estádio diferente – desta vez o Arruda – neste Série B, o Náutico voltou a vencer na competição, após três rodadas. Com um gol em cada tempo de Rafael Oliveira e Dico, respectivamente, a equipe bateu o Boa Esporte e voltou a ter esperanças de permanência.

O jogo

A chamada feita pelo técnico Roberto Fernandes durante a semana pedindo o comparecimento da torcida alvirrubra para apoiar os jogadores, deu uma motivação extra e se transformou em pressão sobre o Boa logo nos primeiros segundos, quando Rafael Oliveira finalizou com perigo obrigando goleiro Fabrício se esticar para tirar a bola que seguia na direção do ângulo.

Enquanto o Náutico chegava com perigo, a equipe mineira apostava nos contra-ataques para chegar até a meta do arqueiro Jeferson. Aos 20 minutos aconteceu o lance que o originou o primeiro gol da equipe pernambucana, quando o lateral Ávila recebeu a bola dentro da área, chutou e bola bateu no braço de Casagrande, sendo marcado pênalti para o Náutico. Na cobrança, Rafael Oliveira mandou para gol.

Na segunda etapa o cenário se inverteu, tendo o Náutico se defendendo e Boa, que ainda sonha com o G4, saindo para o ataque. O controle do Boa resultou em pênalti, aos 34 minutos, quando o árbitro marcou toque no braço de Gilmar, após cobrança de falta. Mas na cobrança, Felipe Matheus parou no goleiro Jeferson.

A defesa deu gás para o Náutico, que ainda chegou ao segundo gol, aos 44 minutos, em um contra-ataque, puxado por Dico que soltou uma bomba de canhota para superar Fabrício. Era a vitória por 2 a 0 chegando.

Com a vitória o Náutico permanece na 19ª colocação, com 23 pontos, enquanto que o Boa Esporte fica na 10º colocação, com 37 pontos. A equipe alvirrubra entra em campo na próxima sexta-feira (06), às 21h30, no Estádio Serra Dourada. Já o Boa recebe o Paysandu, no mesmo dia, às 19h15, no Estádio Municipal de Varginha.

Brasil e Vila Nova ficam no empate

Jogando no Estádio Serra Dourada, Vila Nova e Brasil de Pelotas ficaram no empate em 1 a 1. O Brasil abriu o placar, aos 10 minutos da primeira etapa, com o gol de Éder, enquanto que o Vila chegou ao empate aos 43 minutos do segundo tempo, com o gol de Fernando.