COMPARTILHE
neymar-nao-se-preocupa-possibilidade-nao-ganhar-bola-de-ouro-Futebol-Latino-26-12
Foto: Reprodução/Facebook Neymar Jr.

A frase “cortar o mal pela raiz” foi muito bem incorporada pelo atacante brasileiro Neymar na última semana, tomando uma atitude imediata ao “destempero” que o levou a ser expulso diante do Málaga no último final de semana pelo campeonato espanhol.

Leia mais: No retorno de Verón, Estudiantes perde do Barcelona de Guayaquil e fica na lanterna do Grupo
Amaral, ex-Palmeiras e Corinthians, confirma presença em amistoso do Las Vegas United no Brasil

Segundo uma informação que foi apurada pelo portal Uol e que foi repercutida em todo o mundo, o próprio jogador procurou se aproximar mais do psicólogo Joaquin Valdés, tentando evitar com que qualquer situação semelhante a do último domingo (9) prejudique a sua imagem e seus companheiros de Barcelona em meio a disputas decisivas de Liga dos Campeões e La Liga.

O profissional escolhido não teve motivação de ser indicado por outros pacientes ou mesmo alguma pesquisa ampla sobre o assunto, mas sim uma questão de proximidade. Isso porque Valdés já tem proximidade com o plantel catalão por ser psicólogo particular do técnico Luis Enrique.

O ocorrido diante do clube malaguenho foi, na verdade, o segundo “aviso” dado pelo destino ao atacante já que, mesmo sendo figura de destaque na vitória histórica diante do PSG por 6 a 1 no Camp Nou pela Champions, Neymar chegou a dar um pontapé desleal no compatriota Marquinhos, mostrando alto nível de destempero.

COMPARTILHE
Formado em jornalismo no ano de 2012 pelo Centro Universitário FIAM, atuou em diversos segmentos da comunicação como editoras e sites de conteúdo esportivo. Foi editor e repórter do Universo dos Sports e hoje é, além de freelancer, editor do Futebol Latino e também colaborador do blog eMania.