Foto: Divulgação/Sul-Americana

O Colón está na semifinal da Copa Sul-Americana. Nesta quinta-feira, a equipe argentina, que havia perdido a ida por 1 a 0, massacrou o Zulia por 4 a 0 e garantiu a sua vaga na próxima fase do torneio continental.
Na semi, o time de Santa Fe aguarda o vencedor do duelo entre Atlético-MG e La Equidad, da Colômbia.

Leia Mais: La Bombonera é evacuada após ameaça de bomba
Roque Santa Cruz reencontra autor de dura falta e tem nobre atitude

O confronto

Se o Colón precisava marcar um tento, o time argentino iniciou o jogo elétrico no campo ofensivo. Em pouco mais de 4 minutos, ‘Pulga’ Rodríguez deixou Bernardi em ótima condição na área, o atacante limpou o zagueiro, mas chutou nas pernas de Burlán.

Apesar da pressão, o ritmo do Colón caiu drasticamente e o Zulia controlava o jogo sem sofrer incômodo. Deu até para o time venezuelano arriscar de fora da área e assustar o goleiro.

Com dificuldade de trabalhar a bola na entrada da área, o jeito que o Colón achou de incomodar foi na bola aérea. Leguizamón fez trabalho de pivô e tocou para Aliendro, que dominou e soltou a bomba. A pelota balançou a rede, porém pelo lado de fora.

No segundo tempo o Colón voltou com o botão do ataque ligado. Assim como na etapa inicial, a pressão foi absurda e desta vez resultou em gol. Na sobra do cruzamento, Wilson Morelo, que havia acabado de entrar, pegou de primeira e não deu chances ao goleiro, 1 a 0.

A vantagem deu confiança ao time argentino, mas o duelo ficou preso ao meio-campo. Quando o Zulia resolveu atacar, o clube venezuelano deu espaço e foi punido. Após cobrança de falta, Morelo arrancou do campo de defesa, tocou para Luis Rodríguez, que deixou dois marcadores no chão e tocou no contrapé do arqueiro, 2 a 0.

Se a situação do Zulia já era difícil, ela ficou pior ainda com as expulsões de Jerry León e Gabriel Benítez. Com espaço para descer, o Colón foi mortal e depois de linda jogada individual de Lucas Bernardi, que parou em milagre de Burlán, Chancalay encheu o pé no rebote e marcou o terceiro.

Nos minutos finais deu tempo do quarto gol. No contra-ataque, Bernardi, em noite inspirada, tocou de calcanhar e achou Lértora. O camisa 21 invadiu a grande área e tocou na saída do goleiro, 4 a 0.