COMPARTILHAR
Foto: Ricardo Daurte/Internacional

No Beira-Rio, o Internacional sofreu, mas levou a melhor contra o Vitória. O time de Odair Hellmann fez 2 a 1 e agora joga por um empate para se classificar. Os gols do Colorado saíram com Patrick e D’Alessandro. O Rubro-Negro descontou com Denílson. O duelo da volta acontece no dia 18 de abril, em Salvador, no Barradão.

O jogo

Os primeiros minutos foram equilibrados. O Internacional tomava a iniciativa, mas parava na forte marcação do Vitória.

Praticamente no primeiro lance de perigo o Colorado abriu o marcador. Após sobra na defesa, Rossi cortou a marcação e tocou para Patrick, que soltou a bomba e venceu Caique, 1 a 0.

O gol diminuiu o ritmo do Internacional em campo e o Rubro-Negro resolveu sair mais do campo de defesa. Na bola parada, o Leão quase empatou após bobeira de Lomba e Kanu cabecear rente a trave.

Nos minutos finais o empate. Rodrigo Dourado perdeu a bola na defesa, Rhayner chutou, Lomba rebateu e Denílson estufou as redes, 1 a 1.

Na etapa final o Inter voltou mais travado. Talvez pelo cansaço, o time de Odair Hellmann não conseguia criar e o comandante mexeu na equipe. Pottker entrou no lugar do apagado Roger e por pouco não marcou. Após passe açucarado, o centroavante bateu cruzado e mandou para fora.

Mesmo com as mexidas, o Colorado pouco apresentava dentro de campo. Em lance isolado, D’Alessandro tocou para Edenilson, que invadiu a grande área, mas foi travado na hora da finalização por Walisson Maia.

No apagar das luzes o Inter conseguiu o gol salvador. Em cobrança de falta, D’Alessandro bateu firme, o goleiro Caique tentou segurar, mas a bola passou entre as mãos do camisa 23 e muita festa no Beira-Rio.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 2 X 1 VITÓRIA
Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data-Hora: 11/4/2017 – 21h45
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Miguel Caetano Ribeiro da Costa (SP)
Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos: Edenilson (INT), (VIT)
Cartões vermelhos: –
Gols: Patrick (17’/1ºT) Denílson (42’/1ºT) D’Alessandro (44’/2ºT)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Fabiano (Brenner, aos 26/2ºT), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick, D’Alessandro e Rossi (Nico López, aos 15/2ºT); Roger (William Pottker, aos 10/2ºT). Técnico: Odair Hellmann.
VITÓRIA: Caique; Rodrigo Andrade (Lucas Rodrigues, aos 34/2ºT), Kanu, Ramon e Pedro Botelho; Willian Farias (Walisson Maia, aos 29/2ºT), Uillian Correia, Yago, Alex (José Welison, aos 17/2ºT) e Rhayner; Denílson. Técnico: Vagner Mancini.