COMPARTILHE
Reprodução: Express

*Por Mônica Alvernaz

Atual vice-líder das Eliminatórias, o Uruguai segue na cola do Brasil, que lidera a competição. A vitória diante do Equador já é assunto passado e o foco agora está voltado para o próximo confronto, diante do Chile.

Leia mais: Mirando o retorno do Apertura, Oriente Petrolero treina no fim de semana
Dirigente garante que Borja será negociado após Mundial de Clubes

A seleção do Uruguai não teve descanso após a vitória contra o Equador na última quinta (10). Na última sexta (11), pela manhã, a seleção uruguaia treinou, já focada no próximo desafio das Eliminatórias.

Os atletas que participaram do triunfo sobre a seleção equatoriana fizeram apenas trabalho regenerativo. Os demais treinaram pesado sob os olhares atentos de José Herrera. Apenas um atleta ficou de fora das duas atividades e segue em treinamento diferenciado.

O atacante Edinson Cavani, lesionado, segue em preparação diferenciada para tentar se recuperar e estar à disposição do técnico Óscar Tabaréz contra o Chile.

Como o Uruguai precisa viajar para o Chile, local da partida da próxima terça (15), o prazo final para recuperação de Cavani é o próximo domingo (13). Caso esteja recuperado, o atacante viaja e jogará contra o Chile pela 12ª rodada das Eliminatórias.

A seleção do Uruguai viajará para o Chile logo após o treinamento na manhã de domingo (13). O confronto com a seleção chilena ocorrerá na próxima terça (15) às 21h30 no Estádio Nacional, em Santiago.

O Uruguai é o vice-líder das Eliminatórias com 23 pontos e está caminhando bem para a classificação. Em 11 jogos, o Uruguai venceu 7, perdeu 2 e empatou outras 2 partidas. Já o Chile tem 17 pontos, com 5 vitórias, 2 empates e 4 derrotas, e por enquanto está indo para repescagem.

COMPARTILHE
A redação do site pioneiro em informações detalhadas a respeito do futebol na América Latina trabalha sempre para unir qualidade e dinamismo a um conceito moderno de jornalismo esportivo.