COMPARTILHAR
nomes-experientes-do-libertad-estariam-perto-de-deixar-o-clube-Futebol-Latino-07-06
Foto: Reprodução/La Nación

Apesar de viver um bom momento na temporada com a classificação as oitavas de final da Copa Libertadores, onde enfrentará o Boca Juniors, o Libertad corre sério risco de perder dois nomes expressivos para outra equipe do Paraguai.

Leia mais: Time de ex-Flamengo contrata outro atacante brasileiro
Jorge Wilstermann derrota The Strongest e conquista o Apertura da Bolívia

O zagueiro Adalberto Román e o centroavante Santiago Salcedo foram apontados nessa quinta-feira (7) pelo periódico D10 como atletas mais perto de deixarem o Gumarelo do que se manterem no plantel do clube de Assunção.

Enquanto o problema para o defensor seria as poucas oportunidades de atuar que teve no primeiro semestre de 2018, a questão envolvendo Salcedo seria mais séria, já que envolve supostos problemas de relacionamento entre o avante e Aldo Bobadilla, treinador do Libertad.

No clube, a visão da diretoria não parece ser de grande receio com a saída principalmente do atacante de 36 anos mesmo considerando que ele está a somente sete gols de superar Rodrigo López na marca de maior artilheiro da história do futebol paraguaio.

Em entrevista dada por Francisco Calvo, presidente dos Repolleros, a rádio guaraní 1080 AM Monumental, o mesmo garantiu que a prioridade é fazer com que todas as partes fiquem satisfeitas com o desfecho das conversas independente de qual seja.

“Estamos buscando o melhor para o jogador, para o clube e para aceitar a decisão do treinador. Aparentemente por razões técnicas não o tem como titular e é um jogador de respeito, quer jogar e, se não o consideram assim, então é possível que ele saia”, afirmou o mandatário do Libertad.