nos-penaltis-guarani-se-torna-primeiro-campeao-da-copa-paraguai-Futebol-Latino-06-12
Foto: EFE

No duelo entre o time que já vinha de duas conquistas na temporada (Olimpia com Apertura e Clausura) e o Guaraní, formando um verdadeiro clássico de Assunção, a final da primeira edição na história da Copa Paraguai teve como vencedor a equipe Aborígene nos pênaltis após 2 a 2 no tempo normal.

Leia mais: Julio Comesaña gostou do que viu por parte do Junior Barranquilla
Zamora massacra Deportivo Lara e fatura o tetra venezuelano

Durante os noventa minutos, a decisão em formato de partida única e que foi jogada no estádio Manuel Ferreira foi bastante agitada.

Aos 32 minutos do primeiro tempo, Fernando Cardozo testou de maneira bonita, no extremo canto esquerdo de Victor Centurión, e abriu a conta. Mas, logo um minuto depois, veio também de um cruzamento o empate do time Aurinegro quando Pablo Velázquez pegou bonito de primeira no contrapé de Alfredo Aguilar.

Roque Santacruz voltou a colocar o Decano na frente do marcador com um chute certeiro de primeira em rebote da zaga do Guaraní e parecia encaminhar o resultado para a Tríplice Coroa na temporada a nível nacional.

Contudo, já aos 43 minutos quando o Aborígene buscava desesperadamente a igualdade, Gabriel Esparza aproveitou bate rebate na defesa do Olimpia e levou a decisão para a marca da cal.

Quis o destino que justamente o experiente Santacruz perdesse a única cobrança na série de 10 primeiras batidas de penalidade. Algo que, com o Guaraní tendo 100% de aproveitamento, deu a taça para o time comandado pelo técnico Gustavo Florentín.

A conquista da Copa Paraguai dá vaga direta na Copa Sul-Americana.