COMPARTILHAR
novo-tecnico-do-equador-discorda-em-classificar-tecnicos-como-desatualizados-Futebol-Latino-02-08
Foto: Marcos Pin Mendez/AFP

Logo em sua apresentação oficial como novamente treinador da seleção do Equador, o colombiano Hernán Gómez já chegou discordando de uma que constantemente é usada para classificar técnicos como desatualizados as novas tendências do futebol.

Leia mais: Suárez muda de patrocinador e se torna um dos atletas mais bem pagos do futebol
Escala de arbitragem para jogos de ida na Libertadores é divulgada

“Não existem técnicos desatualizados, não acreditem nessas histórias. A única coisa que mudou é o estado físico. Eu não trabalho com um computador me dizendo o que fazer, mas sim com o trabalho dentro de campo”, afirmou o profissional que dirigiu o Panamá na Copa do Mundo da Rússia.

Em relação aos resultados que almeja conseguir com a Tri, “Bolillo” foi bastante sincero ao mencionar que será necessária a paciência do torcedor pensando principalmente na irregularidade dos últimos anos:

“Para o país vai ser difícil, se queremos ganhar teremos que ser humildes porque o Equador não é um país constante em triunfos. Vamos avançar no que pudermos, mas o tempo de maior trabalho será esse (a Copa América de 2019). Em três ou quatro dias de microciclo há pouco o que se fazer.”