Foto: Divulgação

*Por Juliano Rangel

Os desdobramentos das investigações sobre as incidentes ocorridos nas arquibancadas do mesmo Estádio General Pablo Rojas, que pertence ao Cerro Porteño, no último dia 16 de janeiro, seguem acontecendo e já identificaram novos torcedores.

Leiam mais: David Beckham ganhará estátua na frente de estádio do LA Galaxy

Treinadores no Equador analisam mudança na disputa da liga nacional

Na última sexta-feira (08), o clube divulgou novos nomes e ampliou a lista de pessoas que estão afastadas, por tempo indeterminado, do estádio que também é conhecido como La Nueva Olla.

As investigações, que já haviam identificado cinco torcedores, apontaram outras 23 pessoas. Com a medida, essas pessoas que estão proibidas de frequentar as dependências do estádio em qualquer tipo de competição organizadas pelo Cerro Porteño, pela Associação Paraguaia de Futebol (APF) e pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

Na oportunidade dos incidentes, era realizada a noite de apresentação do elenco Azulgrano para temporada 2019 e um amistoso contra o Atlético Tucumán. Durante as festividades, membros de torcidas organizadas do clube iniciaram uma briga no setor norte do estádio.

As investigações que foram comandadas pela polícia do Paraguai também contaram com a ajuda do clube. Confira abaixo os nomes e os rostos das 28 pessoas já identificadas:

Foto: Reprodução/Cerro Porteño