COMPARTILHE
Foto: Divulgação Cerro Porteño

Uma notícia muito triste marcou a segunda-feira de obras no estádio do Cerro Porteño, em Assunção, no Paraguai. De acordo com a rádio ABC Cardinal, Luis Guerrero, 48, faleceu após sofrer uma descarga elétrica.

Reinaldo Rueda alcança marca importante pelo Atlético Nacional
Zamora bate Zulia e solta o grito de campeão na Venezuela

Mario Medina, um dos responsáveis pela obra, afirmou que Guerrero se encontrava perto de um poço de água que estava sendo esvaziado com uma bomba. A princípio, especula-se que o trabalhador tenha pisado em algum fio que estava em contato com a água e levou um choque.

O operário era um dos trabalhadores mais animados da obra. Fanático pelo clube paraguaio, ele trabalhava ao lado do seu filho de apenas 22 anos.

O Ministério do Trabalho do Paraguai já está ciente do caso e em breve vai iniciar as investigações para descobrir a causa real da morte.