COMPARTILHAR
evento-historico-exposicao-trofeu-copa-america-centenario-Futebol-Latino-29-04
Foto: Julio César Granados/José Luis Guiot/Conmebol

Depois de passar por uma sequência de organização de eventos com a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, o Brasil voltará a ter essa sensação em 2019 com a Copa América e já vai fazendo algumas opções em relação a logística do torneio.

Leia mais: Integrante de torcida organizada do Colo-Colo teve velório realizado dentro do Monumental
Guilherme Santos vibra com vitória do Anorthosis no Chipre

De acordo com informações que foram veiculadas na última semana pelo portal Globoesporte, a competição em que ainda não se tem a certeza da quantidade de participantes vai priorizar estádios que receberam jogos da Copa do Mundo que estejam na região sudeste do país. Considerando essa condição, a Arena Corinthians, o Maracanã e o Mineirão seriam os escolhidos.

A intenção alegada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em tomar esse tipo de medida seria encurtar os períodos de viagem que as seleções participantes precisariam enfrentar no deslocamento entre os jogos.

O fator que ainda impede de sacramentar a quantidade de sedes a serem usadas é justamente a indefinição dos selecionados participantes. As opções atuais seriam apenas com sul-americanos (10 integrantes), os sul-americanos mais dois integrantes da CONCACAF (12 integrantes) e os sul-americanos e mais seis seleções convidadas, tendo nessa última alternativa 16 equipes.

A definição em relação a qual dos três modelos serão adotados está prevista para o final do mês de abril em uma reunião do Conselho Conmebol agendada para a cidade de Santiago, no Chile.