SHARE
Oriente-Petrolero-Deportivo-Cuenca-Copa-Sul-Americana-Futebol-Latino-06-04
Foto: Arte Futebol Latino

*Alex Dias de Souza

Em um jogo fraco tecnicamente e com muitas chances criadas a partir de jogadas com bola parada, Oriente Petrolero e Deportivo Cuenca empataram por 1 x 1 no jogo de ida em um duelo válido pela Copa Sul-Americana nesta quinta-feira no Estádio Ramón Tauichi Aguilera (El Tauichi), em Santa Cruz de la Sierra.

Leia mais: Sport joga bem e derrota o Danubio na Ilha do Retiro

Sol de América impõe maior qualidade técnica e vence o Estudiantes de Caracas

O destaque da partida ficou por conta de um raro lance de bola rolando que originou o golaço de voleio marcado por Dinenno. Com o resultado, o time equatoriano leva uma pequena vantagem para o jogo de volta, isso porque se não sofrer gols no estádio Alendro Serrano Aguilar, o Cuenca poderá garantir a sua vaga.

Já o Oriente Petrolero precisa da vitória ou de um empate a partir de dois gols ou mais para obter a sua classificação.

O jogo

Na primeira etapa, os torcedores que estavam no estádio viram um jogo movimentado, porém tecnicamente os dois times deixaram a desejar. Com a forte marcação dos dois times, a partida teve poucas chances de gols. Até os 17 minutos, apenas um chute para cada lado.

Aos 18 minutos, após um cruzamento dentro da área do Oriente Petrolero, o goleiro Vizcarra falhou e quase viu o Deportivo Cuenca marcar o primeiro gol do jogo.

Somente depois de 10 minutos, aos 28 veio a resposta dos donos da casa. Em boa jogada pela direita, Azogue cruzou para Freitas que cabeceou fraco e facilitou a defesa do goleiro Piedra.

Aos 30, o Deportivo Cuenca quase fez o primeiro gol com Uchuari. Após uma cobrança de falta, o camisa 10 do Cuenca ficou sozinho na pequena área e chutou por cima para perder um gol feito.

O desperdício custou caro para os equatorianos, que viram o Oriente Petrolero marcar o primeiro gol do jogo logo em seguida com Freitas. Após arriscar um arremate para o gol, o chute errado de Azogue virou uma assistência perfeita para o atacante que na cara do gol não perdoou e chutou rasteiro no canto esquerdo de Piedra para balançar a rede e marcar o primeiro gol do jogo.

O último lance de perigo da primeira etapa ocorreu aos 36 minutos, novamente com Freitas que dominou a bola dentro da área e chutou prensado. Na sequência o juiz marcou falta de ataque do time boliviano.

Nos minutos seguintes, o Deportivo Cuenca tentava jogar no campo de ataque dos bolivianos para tentar o empate, porém a pouca efetividade fez o time equatoriano ir para o intervalo com a desvantagem no placar.

Segundo tempo

O Deportivo Cuenca parecia outra equipe nos primeiros minutos de jogo do segundo tempo e voltou melhor. Logo aos 2 da etapa final, veio o gol de empate com um golaço. Hoyos que tinha entrado no lugar de mina fez uma bela jogada pela direita e cruzou para Dinenno que pegou de voleio e fez um gol de placa em Santa Cruz de La Sierra.

Aos 13, depois de jogada rápida pela esquerda, Freitas se livrou da marcação e fez um cruzamento perigoso dentro da área, mas Piedra esperto no lance se antecipou e fez uma boa defesa.

Aos 20, Villota cobrou falta e levantou a bola para dentro da área, em seguida a defesa do Deportivo Cuenca mandou a bola para longe e afastou o perigo.

A deficiência técnica das duas equipes era nítida. Por esse motivo, as chances de gols tinham origem através de lances de bola parada.

E foi aos 30 minutos que o Oriente Petrolera quase desempatou o jogo Com Lizio. Após uma bela cobrança de falta, o meio campista do time boliviano viu Piedra fazer uma bela defesa para evitar o gol dos donos da casa.

Aos 33, Lizio levou perigo ao Deportivo Cuenca. Após outra cobrança de falta pelo lado esquerdo, o camisa 10 cruzou para dentro da área, na sequência a bola passou por todos os jogadores e quase surpreendeu o goleiro Piedra, que viu a bola passar raspando o poste direito do gol.

No final do jogo, com a bola rolando não houve nenhuma boa jogada. Até o apito final, os equatorianos se defenderam para manter  e suportaram a pressão do time da casa que não conseguiu se impor. Com o resultado, o Cuenca conseguiu levar uma pequena vantagem e o favoritismo para o jogo de volta.