Foto: Reprodução

Uma revelação feita por Jairo Velásquez, comparsa de Pablo Escobar, chocou o futebol sul-americano. Em entrevista ao El Popular, do Peru, Popeye, como era conhecido no mundo do crime, afirmou que o traficante mais famoso da Colômbia quis matar Ricardo Gareca.

Leia Mais: Matheus Uribe desmente notícias falsas sobre seu futuro na rede social
Veterano Jorge Acuña afirma que, por pouco, não jogou na Lazio

De acordo com Velásquez, a disputa entre os cartéis de Medellín e Cali gerou muita rivalidade e Escobar queria atingir seus adversários matando os jogadores do América de Cali, clube defendido pelo atual técnico da seleção peruana, mas deixou a ideia de lado por conta do amor pelo esporte.

“O amor do Patrão pelo futebol salvou Gareca. Ele sempre esteve na mira, mas depois de um tempo foi descartado”, afirmou.

Ricardo Gareca defendeu as cores do América de Cali entre 1985 e 1988. Durante esse tempo, ele jogou 41 vezes e anotou 21 gols.