Foto: Divulgação

Contratado a peso de ouro, Pablo Mouche foi apresentado no Colo-Colo na última segunda-feira. Liberado pelo San Lorenzo, o atacante assinou com o gigante chileno por uma temporada e logo na primeira entrevista mostrou a sua personalidade.

Leia Mais: Matías Fernández troca o Necaxa pelo Junior Barranquilla
Hora de apostar nos clubes brasileiros que jogam os torneios sul-americanos

Consciente da situação que o clube atravessa, Mouche mostrou-se disposto a ajudar dentro de campo e contou sobre a conversa que teve com o técnico Mario Salas.

“Tenho em mente que o desafio é gigantesco, mas acredito que posso ajudar. Não é para qualquer um vestir a camisa do maior clube do Chile e quero corresponder dentro de campo. O comandante explicou como vai me utilizar e acredito que posso ser útil, pois a ideia é ter um time muito ofensivo”.

No Colo-Colo, Mouche vai reencontrar Jorge Valdivia, com quem atuou no Palmeiras e, segundo o próprio atacante, foi um dos melhores jogadores que já atuou na carreira.

“O Valdivia me recebeu de uma maneira incrível na época de Palmeiras. Não tenho dúvidas ao dizer que, depois de Juan Román Riquelme, ele foi o melhor jogador que já atuei. A sua qualidade é incrível e vamos nos dar muito bem”, declarou.