COMPARTILHAR
Foto: Twitter FIFA

Com facilidade, o Pachuca derrotou o Al-Jazira por 4 a 1 e ficou com o terceiro lugar do Mundial de Clubes da FIFA. Os gols da vitória saíram através de Urretaviscaya, De La Rosa, Franco Jara e Sagal.

O jogo

O primeiro tempo teve mais domínio do Pachuca. Melhor estruturado dentro de campo, o time mexicano aproveitava os buracos na marcação do rival para criar chances de perigo.

A primeira oportunidade veio em bola aérea. Após cobrança de falta, o zagueiro do Al-Jazira cabeceou contra o próprio patrimônio e no rebote Jara mandou para fora.

A medida que o tempo passava, o gol mexicano ficava cada vez mais maduro. E quase saiu com Sagal. O camisa 7 aproveitou o bate-rebate na grande área e mandou rente a trave do goleiro.

O gol do Pachuca saiu aos 37 minutos. Jara aproveitou o contra-ataque e deixou Urretaviscaya na cara do gol. O jogador apenas tocou na saída do arqueiro e foi para o abraço, 1 a 0.

Segundo Tempo

Na etapa final o Al-Jazira voltou com uma postura diferente. Nos primeiros minutos, o brasileiro Romarinho chamou a responsabilidade e começou a incomodar a defesa mexicana.

Aos 12 minutos o empate do time da casa. Romarinho fez jogada individual ao driblas dois jogadores e chutou. Após um bate-rebate, a bola sobrou para Khalfan mandar para a rede, 1 a 1.

Não deu tempo nem de comemorar, já que logo na sequência, Sagal avançou pela esquerda e cruzou para Franco Jara colocar os mexicanos em vantagem.

Com o placar a seu favor, o Pachuca voltou a controlar o meio de campo e matou o confronto na reta final. Sánchez deu belo passe para Roberto de La Rosa, que bateu firme na saída do goleiro, 3 a 1.

Aos 39 o Pachuca chegou ao quarto gol. Após pênalti infantil do zagueiro em Sánchez, o chileno Sagal bateu no canto esquerdo e esticou ainda mais o marcador.