Penarol-San-Jose-Libertadores-Futebol-Latino-14-03
Foto

Jogando em seus domínios, a equipe do Peñarol foi eficiente e ganhou por 4 a 0 do San José em jogo da segunda rodada da fase de grupos na Copa Libertadores. Agora, o time charrúa tem três pontos ganhos e virou o segundo colocado da chave onde o Flamengo lidera com seis. O San José, com duas derrotas, é o lanterna sem nenhum ponto conquistado.

Leia mais: Racing e Defensa y Justicia disputam ponto a ponto o título argentino
Ex-Santos brilha em jogo de estreia na Copa Colômbia

Primeiro tempo

Logo com dois minutos de jogo, o Peñarol abriu a contagem para  conseguir importante vantagem no marcador. Após cruzamento certeiro de Giovanni González na grande área vindo do lado direito, o centroavante argentino Lucas Viatri bateu bem, sem deixar a bola cair e no canto oposto de Carlos Lampe.

Sem muitas alternativas de conseguir armar jogadas ofensivas ou mesmo de sair jogando com condições de encontrar os espaços, o San José se via praticamente “encurralado”. Com direito a seu artilheiro, Carlos Saucedo, ficar em muitos momentos isolado em meio a marcação uruguaia.

E foi de novo com lance iniciado pelo alto que o Manya chegou ao seu segundo tento através da incursão na grande área do zagueiro Cristian Lema. Aos 23 minutos, em cobrança de escanteio, o defensor subiu muito mais alto que a marcação e testou tão forte que, mesmo passando perto, Lampe não teve tempo de reação suficiente para evitar o gol.

Amplamente superior na partida e sem ser incomodado pelos bolivianos, ainda houve tempo para o Carbonero chegar ao terceiro antes do intervalo. O meia Agustín Canobbio partiu pra cima da marcação e, com o chute desviando nas pernas do zagueiro Ronaldo Eguino, Carlos Lampe ficou totalmente sem possibilidade de defesa.

Segundo tempo

A bola havia acabado de rolar na etapa complementar quando o San José cometeu um erro que se demonstrou fatal. Com isso, Viatri dominou próximo a grande área e bateu com efeito suficiente para tirar totalmente Lampe da jogada. 4 a 0 Peñarol.

Houve a oportunidade de tornar o marcador ainda maior em cobrança de pênalti cometido por Ména e Canobbio onde Gastón Rodríguez, que entrou no lugar de Viatri, acabou batendo no meio do gol e Carlos Lampe fez a defesa apesar do chute forte.