COMPARTILHE
Peru-Uruguai-Eliminatórias-Futebol-Latino-28-03
Foto: Arte Futebol Latino

*Alex Dias de Souza

Em um jogo muito movimentado e disputado no estádio Nacional do Peru, a Seleção peruana venceu o Uruguai de virada e além de quebrar um tabu que durava quase sete anos, ajudou a seleção brasileira a conquistar matematicamente uma vaga para a próxima Copa do Mundo que ocorrerá na Rússia.

Leia mais: Em Montevidéu, Brasil é bem superior e ganha de virada do Uruguai

Peru empata com a Venezuela e se complica nas eliminatórias

Com o resultado, os uruguaios amargaram a segunda derrota seguida e viram a Colômbia chegar ao segundo lugar das eliminatórias. Já o Peru, conquistou 4 pontos nas duas rodadas disputadas e mantém vivo o sonho de chegar ao próximo Mundial.

O Jogo

O jogo começou bem movimentado e disputado logo no começo. Precisando da vitória para manter a chance de classificação para Copa viva, o Peru pressionou o Uruguai e foi ao ataque logo nos primeiros minutos do jogo. Mesmo assim, os peruanos encontraram muitas dificuldades dificuldade diante da forte defesa uruguaia.

Aos 6 minutos, o primeiro lance de perigo do jogo veio após um contra-ataque dos uruguaios com Cavani, que dominou a bola, e cruzou na medida para Sánchez que pegou de primeira e assustou o goleiro Gallese.

Aos 12, a seleção peruana quase marcou o primeiro com Guerrero. No lance, após Jiménez errar um corte na defesa, a bola sobrou para o atacante do Flamengo que tentou finalizar, mas a defesa se recuperou no lance e travou na hora da conclusão.

Quatro minutos depois, mais um lance de perigo dos donos da casa. Na bola cruzada por Cueva, Carrille chutou de primeira e foi travado pela defesa. Na sequência a bola sobrou limpa para Corzo, que mergulhou de peixinho dentro da área e mandou para fora.

Os uruguaios tentavam controlar o jogo ao trocar passes, porém, a seleção peruana seguia atacando muito e criou mais uma chance com Guerrero, que quase fez um golaço ao receber um belo passe dentro da área, o atacante deu um toque tirando do goleiro Muslera. Mas na sequência ele acabou tirando também do gol.

Aos 29, em mais um contra-ataque rápido do Peru, Carrillo recebeu um bom passe de primeira de Guerrero, driblou o marcador e soltou uma bomba para o gol de Muslera que só viu a bola passando por cima do gol.

Logo em seguida, veio o primeiro gol da partida. No lance, Suárez recebeu uma bola difícil na entrada da área, disputou com a marcação e deu um belo toque por cima para Carlos Sánchez que pegou de primeira para fazer o gol do Uruguai.

Os uruguaios não comemoram por muito tempo. Aos 33 veio o gol de empate dos peruanos com Guerrero, que foi lançado, levou a melhor sobre o zagueiro Godín na corrida e finalizou no canto do goleiro Muslera para empatar o jogo. 

No finalzinho do primeiro tempo, o jogo esfriou e o ímpeto dos jogadores diminuiu o ritmo devido a uma paralisação durante o jogo.

Quando o Peru tentava um ataque, Cueva sentiu uma lesão na coxa esquerda e se jogou no chão pedindo substituição. Na sequência, os peruanos tentaram virar o jogo com Hurtado, que teve tempo de cobrar uma falta para dentro da área, mas Suárez se antecipou na primeira trave, afastou o perigo e deixou o jogo empatado na primeira etapa.

 Segundo tempo

Logo no início da etapa final, Florez tabelou com Corzo pela direita, ajeitou para o meio e bateu firme rasteiro no canto. Na sequência a bola tirou tinta da trave de Muslera e saiu pela linha de fundo.

Os peruanos seguiam pressionando e ao 15 minutos mais um lance de perigo com Guerrero, que dominou a bola na intermediária e, de muito longe, arriscou um chute de perna direita. O chute saiu e passou muito perto do travessão de Muslera.

A dedicação dos donos da casa foi recompensada logo em seguida. Carrillo recebeu na direita, limpou o marcador e cruzou para Guerrero que tentou o domínio no peito, mas acabou dando um passe para Flores, que encheu uma bomba com a canhota  para virar o jogo para o Peru.

Os uruguaios e complicaram ainda mais após a expulsão Urretaviscaya.

Mesmo com um menos e pressionando os donos da casa, os peruanos conseguiram segurar o resultado e garantiram a vitória contra o Uruguai que acumulou duas derrotas na sequência e caiu para terceira colocação.