SHARE
Foto: Divulgação

*Danilo Moreira – Colaborador do Futebol Latino

Na noite da última segunda-feira, quatros jovens foram presos acusados do assassinato do meia da seleção panamenha, Amílcar Henríquez, de 33 anos de idade. O crime ocorreu no último sábado, na cidade de Colón, no Panamá.

Os suspeitos foram pegos após perseguição dos policiais que suspeitaram do veículo. Entre os detidos, há dois menores de idade e um maior, de 19 anos. O carro em questão, um Sedan vinho coincide com a descrição das testemunhas que presenciaram o crime.

De acordo com o departamento de policia de Colón, responsável pela investigação do caso, o carro era roubado e tinha marcas de perfuração por bala.

Amílcar Henríquez deixou 3 filhos e era peça fundamental da seleção panamenha que disputa uma vaga na Copa do Mundo da Rússia, 2018. O atleta participou das últimas quatro partidas do Panamá no hexagonal final da Concacaf.

SHARE

A redação do site pioneiro em informações detalhadas a respeito do futebol na América Latina trabalha sempre para unir qualidade e dinamismo a um conceito moderno de jornalismo esportivo.