SHARE
Foto: Lucas Uebel/Divulgação

O sinal de alerta está oficialmente ligado no Grêmio. Após encantar com um belo futebol no primeiro semestre, o time de Renato Gaúcho caiu de produção e ficou fora da disputa do Campeonato Brasileiro.

Leia Mais: Leandro Damião pode ser baixa do Inter contra o Boa Esporte
Edigar Junio lamenta empate contra Palmeiras no Pacaembu

Agora, o foco do time gaúcho é se recuperar a tempo do jogo contra o Barcelona pela semifinal da Libertadores.
“Não está legal do jeito que está. Temos que melhorar, jogadores, todo mundo, comissão, para voltar ao caminho das vitórias. Não podemos deixar para depois, é o momento de chamar o grupo e cobrar se tiver que cobrar”, afirmou.

Na visão do lateral-direito, o Grêmio não precisa se preocupar em voltar a jogar bem, o time tem a urgência de conquistar resultados.

“Pouco me importa voltar a jogar bem ou não. Importante é ter resultados positivos, tanto em Brasileiro quanto Libertadores. Se não der para jogar bonito, temos que jogar do jeito que dá, na vontade, determinação, para vencer. Temos jogos dificílimos, dois jogos fora, depois Palmeiras e depois a Libertadores. Vale para Libertadores e Brasileiro. Acredito que já fizemos jogos bonitos, o Brasil se encantar com nosso futebol. Mas agora não vem acontecendo, é momento de vencer na base da vontade e raça”, declarou.