O River Plate fez sua parte dentre os argentinos e conseguiu uma heroica virada por 2 a 1 em plena Arena do Grêmio pela semifinal da Copa Libertadores, garantindo sua vaga na final do torneio. Algo que mantém viva a chance de um clássico frente ao Boca Juniors, fato comentado pelo centroavante Lucas Pratto.

Leia mais: “Cheira mal”, diz Eduardo Bolsonaro sobre estádio do Boca Juniors
Clube denuncia arranjo de resultado na segunda divisão da Bolívia

Tamanha era a euforia do momento e também de pensar na dimensão do confronto, algo inédito na história da Liberta, que o jogador com passagem no futebol brasileiro por Atlético-MG e São Paulo chegou a soltar um palavrão no início de sua declaração:

“Vai ser f…, né? Vamos esperar o resultado de amanhã (31) porque nós queremos ser campeões e, para quem quer ser campeão, qualquer rival é a mesma coisa.”

Para que o Superclássico ocorra na grande final, o Xeneize precisa nessa quarta-feira segurar o empate ou, no máximo, perder por um gol de diferença enfrentando o Palmeiras no Allianz Parque.