SHARE
Foto: Agencia Uno

Neste domingo, a Universidad Católica recebeu o Colo-Colo e foi derrotado por 1 a 0. O revés deixou a situação da equipe complicada na tabela, já que agora, o time está na 13º colocação com apenas 7 pontos ganhos em oito jogos.

Leia Mais: Falcao García tem início de temporada arrasador na Ligue 1
Derrotas de Boca Juniors e River Plate pode render bolada nas casas de apostas

Diante do cenário complicado, o técnico Mario Salas apareceu na entrevista coletiva e deixou claro que não irá abandonar o barco e só deixa o comando da equipe se a diretoria quiser.

“Não penso em pedir demissão. Nunca fui assim na minha carreira e agora não é o momento de pensar nisso. Sinto que fizemos uma partida muito boa, mas não conseguimos furar a defesa adversária”, lamentou.

Quem também marcou presença para conversar com os jornalistas foi o presidente Juan Tagle, que fez questão de manifestar apoio ao seu treinador e garantiu que não irá demiti-lo.

“Hoje vou conversar com os jogadores e dar os parabéns pela entrega dentro de campo. Eles se esforçaram, mas por um azar não saíram de campo com a vitória. Não tenho que discutir a permanência do Salas. Ele fica no comando da equipe e ponto final”, decretou.