SHARE
presidente-do-boca-entra-na-polemica-ao-comentar-goelada-do-river-wilstermann-Futebol-Latino-28-09
Foto: Norberto Duarte/AFP

*Por Danilo Moreira

O presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, tratou de por mais lenha na fogueira ao dar declarações sobre a goleada do River Plate sobre o Jorge Wilstermann por 8 a 0 na última quinta-feira (21). O mandatário Xeneize afirmou que foi bem estranha a atuação do time boliviano, que “parecia um time amador” contra um profissional.

Leia mais: Dia do torcedor do River Plate coincide com eliminação do rival
Vitória espera engatar nova sequência de triunfos no Brasileirão

“Quando comecei a assistir ao segundo tempo, o adversário do River parecia uma equipe amadora. Apesar do River ter um bom time, era muita diferença”, disse Angelici ao Fox Sports e depois acrescentou, “Não vi os outros jogos, mas me surpreendeu que tenha chegado às quartas de final eliminando outros rivais.”

Ao tomar conhecimento das declarações do presidente do Boca, o treinador do time boliviano, Roberto Mosquera foi duro nas declarações ao se defender: “Lamento que ele tenha dito isso, o River fez uma partida excelente. Quando ele (Angelici) estiver a minha altura moral, o responderei.”, disse o treinador ao canal TyC Sports, da Argentina.

Após toda a polêmica, Angelici tentou amenizar a situação em entrevista a rádio Continental, da Argentina: “Não quis dizer que o Jorge Wilstermann entregou o jogo, só disse que parecia um time amador que não jogou nada, sem querer ofender a ninguém.”