Foto: Divulgação

Vice-campeão estadual pelo Fortaleza, o técnico Rogério Ceni começa a ser alvo de críticas dentro do clube. De acordo com o jornalista Jorge Nicola, da ESPN Brasil, o “jeitão” do comandante incomoda jogadores e funcionários do clube.

Leia Mais: Bola rola nesta sexta-feira pela Série B do Brasileirão
Com triunfo, San Lorenzo diminuiu desvantagem contra brasileiros

Apesar das primeiras contestações ao trabalho do treinador, o presidente do Leão, Marcelo Paz, garante que Ceni está prestigiado no comando e não pensa em fazer nenhuma mudança no momento.

“Mudança de comando de técnico representa uma quebra de planejamento. É praticamente começar o trabalho do zero. Não é isso que a boa gestão pede. A gente acredita sim no trabalho dessa comissão técnica. Se pegarmos o nosso aproveitamento no Estadual, é um aproveitamento de acesso para a Série B. Claro que o nível de dificuldade é bem maior. Mas esse time também vai estar mais preparado e mais encorpado. Acredito que teremos um aproveitamento muito bom e que já o torcedor estará aplaudindo esse time”, afirmou durante entrevista coletiva.

Contratado em dezembro pelo Leão, Rogério Ceni tem bons números pelo clube. No total, o treinador teve 18 jogos, com 12 vitórias, 5 derrotas e um empate.

Críticas e possíveis turbulências à parte, o Fortaleza estreia na Série B nesta sexta-feira, diante do Guarani, no Castelão.