Foto: AFP

Campeão da Superliga Argentina, o Racing começa a trabalhar nos bastidores para assegurar a continuação do técnico Eduardo Coudet e algumas peças do elenco. Porém, como nem tudo são flores, Ricardo Centurión, um dos personagens mais polêmicos parece estar de saída.

Leia Mais: México é o primeiro país garantido no Mundial de Clubes
Goleiro é agredido na saída de campo pela torcida rival no México; Veja a Cena

Em conversa com o canal TyC Sports, Víctor Blanco, presidente do time de Avellaneda, bateu o martelo e definiu que vai negociar o jogador.

“O clube vai ganhar com a sua saída. Não é a primeira vez que negociamos o jogador. Já lucramos outra vez com Ricardo Centurión e desta vez não será diferente”, afirmou ao ‘No Todo Pasa’.

Além de revelar a vontade de negociar o atleta, o dirigente também confessou que vários clubes do futebol argentino estão interessados em contar com Centurión.

Entenda o Caso

Durante o segundo tempo do jogo contra o River Plate, pela Superliga Argentina, Ricardo Centurión empurrou o técnico Eduardo Coudet antes de entrar em campo e se recusou a ouvir a última instrução do comandante.

Irritado com a cena, Coudet afastou o jogador e o tirou a possibilidade de ajudar o elenco a conquistar o 18º título continental.